Kotor foi habitada desde a Roma Antiga, época na qual era designada como Ascrívio (em latim: Ascrivium) e fazia parte da província da Dalmácia. Com o nome de Cátaro (em italiano: Cattaro), a cidade e a região circundante fez parte, entre 1420 e 1797, da República de Veneza, período que influenciou de forma ainda hoje visível a arquitetura da cidade. A sua estrutura urbana, típica das cidades marítimas da costa oriental do Adriático, é circundada por uma imponente cintura de muralhas, permanece bem conservada, tendo merecido ser incluída na lista do Patrimônio da Humanidade da UNESCO.
Kotor ou Cátaro (historicamente conhecida pela designação italiana de Cattaro) é uma vila e porto natural de grande beleza sito na baía de Cátaro, Montenegro. É a capital do município de Kotor, tendo 5 341 habitantes (censo de 2003). A região de Kotor é famosa pelos seus fiordes, únicos no Mediterrâneo, conhecidos pela Baía de Cátaro (italiano: Bocche di Cattaro; sérvio: Boka Kotorska)