O monte Olimpo (em grego: Όλυμπος; transl.: Ólympos, também transliterado como monte Ólimpos em mapas modernos, Óros Ólimbos) é a mais alta montanha da Grécia, com 2 917 metros de altitude máxima e 2 355 m de proeminência topográfica. É uma das mais altas montanhas da Grécia, em altitude absoluta da base até o topo. Está situado a cerca de 100 km de distância de Salonica, a segunda maior cidade da Grécia, próximo do mar Egeu, na região da Tessália.
O seu ponto mais alto é designado Mitikas e ele é reconhecido pela sua flora, a qual é muito rica, sobretudo devido à presença de espécies endêmicas.
Qualquer um que queira escalar o monte Olimpo começa a partir da cidade de Litochoro (Λιτόχωρο), que acabou também por receber o nome Cidade dos Deuses, devido à sua localização próxima à base do monte Olimpo.
Na mitologia grega, o monte Olimpo é a morada dos Doze Deuses do Olimpo, os principais deuses do panteão grego. Os gregos pensavam nisto como uma mansão de cristais que estes deuses (como Zeus) – habitavam. Sabe-se também que, quando Gaia deu origem aos Titãs, eles fizeram das montanhas gregas, inclusive as do monte Olimpo, seus tronos, pois eram tão grandes que mal cabiam na crosta terrestre. A etimologia de “Olimpo” é desconhecida, mas possui grandes traços de semelhança com a cultura dos dóricos