O Parque Ibirapuera é o mais importante parque urbano da cidade de São Paulo, no Brasil. Foi inaugurado em 21 de agosto de 1954 para a comemoração do quarto centenário da cidade. No município, é superado em tamanho apenas pelo Parque do Carmo e pelo Parque Anhanguera. Foi eleito, em 2015, o “melhor parque urbano do planeta” pelo renomado jornal britânico The Guardian, ficando à frente de parques famosos como o Buttes-Chaumont de Paris, o Boboli de Florença, a High Line de Nova Iorque, o Hampstead Heath de Londres e o Parque Güell de Barcelona.
O parque é administrado pela Secretaria do Verde e Meio Ambiente da Prefeitura de São Paulo. Contudo, dentro do parque, há inúmeros museus, auditórios e outros espaços administrados por fundações ou outras secretarias municipais ou estaduais.
O parque conta com ciclovia e treze quadras iluminadas, além de pistas destinadas a corridas, passeios e descanso, todas integradas à área cultural. Entre alguns exemplos que podem ilustrar tamanha estrutura e a infinidade de possibilidades de lazer em um só lugar, pode-se citar as lanchonetes, os campos de futebol e os aparelhos de ginástica disponíveis para quem gosta de praticar exercícios físicos espalhados pelo espaço predominantemente verde.
Sua área é de 158 hectares, e os seus três lagos artificiais e interligados ocupam 15,7 mil metros quadrados.
Em 2012 e 2013, foi apontado pela rede social Facebook como o local mais popular em todo o Brasil para se fazer check-in. O prefeito eleito de São Paulo, João Dória Júnior, declarou que pretende privatizar a administração do parque visando economizar em segurança e limpeza, a esquerda política depreciou a atitude.